Reflexom comunista sobre acordos de Chapultepec

20150924-foto-farc-peace-delegation

Carlos Morais

O 25 aniversário dos acordos de paz rubricados em Chapultepec [México] entre o governo do Salvador e a Frente Farabundo Martí de Libertaçom Nacional [FMLN], que finalizárom com a guerra revolucionária no país centroamericano, devem ser aproveitados para realizar umha leitura comunista.
Hoje as causas que provocárom o levantamento armado nom só persistem. Todos os índices indicam que se tem agudizado a pobreza, a miséria e a exclusom social. A dependência e carência de soberania nacional do Salvador também se tem agravado.
Hoje o número de vítimas da violência provocada polas “maras” e os grupos de narcotraficantes é mui superior às causadas pola luita entre o exército popular e o exército oligárquico.
Eis o triste panorama do Salvador governado polo ex-guerrilheiro Salvador Sánchez Cerén e um FMLN socialdemocratizado, um quartel de século após uns lamentáveis acordos.
@s camaradas da Colômbia que conhecem muito melhor que nós todo isto deveriam apreender do resultado real das capitulaçons disfarçadas como “acordo de paz”, que só beneficiam o imperialismo e a burguesia local.

Galiza,
16 de janeiro de 2017

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s